Clique nas miniaturas para acessar as fotografias


     

           A preservação da qualidade das fotografias compromete, infelizmente, a velocidade de carregamento desta página.


Clique para ampliar

 

Uma rara fotografia do prédio da escola, provavelmente nos últimos 5 anos do século XIX, logo após ter sofrido algumas alterações, executadas em 1895, em sua concepção original, de 1874. Seu estilo é baseado na arquitetura clássica francêsa do século XVII. Notem que foi adicionada uma pequena sacada no primeiro andar, não existente na construção original (veja aqui esboço de Ariosto Mila). Além disso foram contruídos os anexos para novas salas de aulas, nas laterais do edifício. Em 1896 deu-se a fundação do Gymnasio de Campinas - veja a inscrição sobre a sacada do edifício.  (Fotografia do acervo do Prof. Pedro Stucchi Sobrinho).  CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR    SUBIR

 

 

 

Fachada da escola por volta do ano de 1911. Nesta época o diretor Antonio Rodrigues Alves Pereira, um empreendedor, conseguiu verbas para executar diversas obras e reformas  O projeto original da construção foi bastante alterado, como pode ser verificado comparando-se com a foto anterior. Nota-se como uma das principais obras, as modificações bastante pronunciadas feitas no telhado do edifício.  SUBIR

 

 

 

Fotografia da escola, posterior à reforma do ano de 1911. Nota-se aqui a construção de uma cerca no jardim e das interligações cobertas do prédio principal às salas laterais já incluídas em reformas anteriores.  (Fotografia do acervo do Prof. Pedro Stucchi Sobrinho).  SUBIR

 

 

 

 

Vista do jardim frontal do colégio, no início da década de 50, após a ampla reforma efetuada em 1944, na gestão do diretor Aníbal Freitas.  Aqui já se nota grandes alterações, com a retirada das venezianas, substituídas por vitrais. Ariosto Mila cita em seu trabalho que as alterações nas janelas foram muito grandes, mas que benficiaram muito a iluminação interna.  SUBIR

 

 

Nesta foto, talvez do início dos anos 50, vemos o efeito das reformas de 1944. Essa é, praticamente, a aparência que a escola possui até os dias de hoje.  (Fotografia do acervo do Prof. Pedro Stucchi Sobrinho).  SUBIR

 

 

 

Uma rara fotografia, do acervo do Prof. Stucchi, mostrando as obras de aterramento do futuro campo de futebol e atletismo, construído no terreno lateral esquerdo do edifício, ladeados pelas Ruas Culto à Ciência, Av. Barão de Itapura e Delfino Cintra. Esta foto é do início dos anos 50, sendo que o Ginásio Alberto Krum ainda estava em obras de acabamento.  SUBIR

 

 

Mais uma fotografia pertencente ao Prof. Stucchi, por volta de 1950, mostrando o terreno onde futuramente se construiu o campo de futebol e pista de atletismo.  SUBIR

 

 

Outra fotografia cedida pelo Prof. Stucchi, mostrando o início das obras de terraplanagem e aterro do  terreno, para a construção do campo de futebol.  O Prof. Stucchi, nesta época recém contratado pela Escola para a cadeira de Educação Física, participou ativamente destes novos projetos.   SUBIR

 

 

Clique na foto para ampliar

 

Belíssima tomada aérea da localização do Culto à Ciência, provavelmente em meados da década de 50. Note que o Ginásio Alberto Krum já estava praticamente finalizado, bem como o Campo de Futebol e a Pista de Atletismo. A interligação da Av. Barão de Itapura (plano inferior da fotografia) com a Rua Delfino Cintra, que posteriormente passava atrás do terreno da escola, ainda não existia nesta época.   (Foto cedida pelo Prof. Pedro Stucchi Sobrinho).  CLIQUE NA FOTO PARA AMPLIAR  -   SUBIR

 

 


© Carlos Francisco Paula Neto - última atualização em 20/03/2009
e-mail :  carlos@francisco.paula.nom.br

Menu Principal